Skip Navigation LinksUnidades > Batalhão de Fuzileiros Nº1 > Unidade de Polícia Naval > Historial


Historial

 

Em 1974, após o termo das missões de combate nos diversos teatros de guerra das antigas Províncias Ultramarinas Portuguesas em África, foi decidido criar o serviço de Policia Naval e atribuir a esse serviço um efectivo inicial de um Pelotão de Fuzileiros vocacionado para exercer a autoridade sobre os militares da Marinha nas ruas. Desta missão, nasceu o lema "AJUDAR A CUMPRIR" que se mantém até aos dias de hoje.
O primeiro documento escrito acerca da Polícia Naval (PN) data de 14 de Julho de 1976 (Directiva 01/76 do Almirante Chefe do Estado-Maior da Armada - ALM CEMA) e refere-se ao empenhamento de uma Companhia de Fuzileiros com o objectivo de executar as missões de Policia Naval. Tratava-se da Companhia de Fuzileiros nº11 (CF11-PN) pertencente à estrutura do, então, Batalhão de Fuzileiros nº1 (BF1), organizado com as Companhias de Fuzileiros (CF): CF11-PN, CF12 e CF13.
Em 21 de Julho de 1979, resultante de uma reorganização interna e do crescente empenhamento PN, a missão passou a ser cumprida pelo Batalhão de Fuzileiros N.º 1 - Policia Naval (BF1-PN), constituído por duas Companhias (CF11 e CF12).
A Unidade de Polícia Naval (UPN) foi criada em 1990, no âmbito da reestruturação do Corpo de Fuzileiros. A reorganização das Forças e Unidades de Fuzileiros verificada em 1994 (Decreto Regulamentar N.º 29/94 de 01 Setembro), manteve a sua anterior estrutura orgânica acrescentando, às suas competências,
a responsabilidade de integrar o BLD, a nível de pelotão, por forma a assegurar as funções de preboste e de estafetas motorizadas.